Empréstimo com o nome sujo, tem como?

Uma pergunta que sempre é feita: É possível fazer um empréstimo com o nome sujo? Primeiro, precisa partir do principio que limpar o nome sujo é uma tarefa que exige dinheiro, já que é preciso pagar os débitos para ter o CPF removido do Serasa e outros órgãos. Mas, como fazer isso sem crédito? Um empréstimo pode ser a saída para quem precisa liquidar pendências.

Saiba que é possível ter acesso a algumas modalidades de empréstimo, mas nem sempre elas oferecem os mesmos benefícios que o crédito para pessoas sem restrição. Conheça as opções e suas características a seguir.

Empréstimo com o nome sujo (para negativados)

Publicidades

Um dos riscos de conceder empréstimo, para qualquer pessoa, é a inadimplência. Todos estão sujeitos a ter imprevistos e não conseguir quitar as parcelas no vencimento. Tal risco não existe no empréstimo consignado, já que o valor da parcela é descontado automaticamente no contracheque. Isso significa que o empréstimo consignado sempre será pago em dia. Portanto, os juros são menores que outras modalidades, como cheque especial ou cartão de crédito. O banco corre menos risco porque tem uma garantia de pagamento.

Veja também: Quanto tempo leva para limpar meu nome?

Se você deseja fazer uma limpeza do nome sujo e gostaria de fazer um empréstimo com o nome sujo (empréstimo consignado), saiba que esse tipo de concessão está disponível apenas para aposentados, funcionários públicos e pensionistas do INSS. É porque essas pessoas recebem de órgãos do governo, todos os meses. Levando em consideração o dinheiro declarado no contracheque, o valor máximo liberado para consignado é de 30% da renda.

Geralmente, pessoas que precisam limpar o seu nome, mas não se encaixam no perfil para consignado, pedem para que parentes e conhecidos façam um empréstimo. Mas, se o pensionista ou funcionário público já estiver com 30% da renda comprometida, não é possível obter crédito, sendo esta uma medida preventiva.

Linha de crédito para CPF restrito

Apenas o fato de ter nome restrito não impede uma pessoa de obter um empréstimo. Porém, dificilmente uma instituição bancária oferece crédito para esse tipo de correntista, mesmo havendo interesse em limpar o nome. É porque se o indivíduo já está negativado, isso significa que ele não conseguiu quitar dívidas anteriores. Como resultado, é grande a probabilidade de atrasar o pagamento do empréstimo.

Todavia, há empresas que oferecem empréstimos sabendo do alto risco. Por conta disso, os juros são elevados e o parcelamento é menos flexível. As financeiras agem desta forma para compensar as chances de receberem calote, com taxas até 14 vezes mais altas que outras modalidades de crédito.

Vale a pena fazer empréstimo sem limpar o nome?

Dependendo da situação, caso o saldo de débitos no Serasa e SPC seja baixo, vale mais a pena tentar limpar o nome sujo para conseguir melhores condições de empréstimo. Boa parte das credoras oferecem condições vantajosas de liquidação de dívidas, seja por meio de parcelamento ou desconto para pagamento à vista. O setor de cobrança costuma ter autonomia para chegar a um acordo favorável para ambas as partes.

Publicidades

Como você percebeu, é sim possível ter acesso a um empréstimo, mesmo com restrição no CPF. A questão é que nem sempre é vantajoso optar pelo crédito para limpar o nome e fazer um empréstimo com o nome sujo.

Deixe um comentário :)